4 dicas para aprender um novo idioma sozinho

como-aprender-idioma-sozinho-sobre-o-nada

Recentemente resolvi transformar o ócio em algo produtivo e comecei a aprender Francês. Sozinha, online e de graça. Com muito tempo, porém pouco dinheiro, resolvi usar recursos à disposição para estudar. E gente, nem só de redes sociais vive a internet! Tem TANTO site legal e confiável que disponibiliza aulas gratuitas sobre praticamente tudo ao nosso alcance, basta ter interesse, saber e ter paciência para pesquisar e ter dedicação para de fato aprender sozinho.

Como a minha experiência está sendo com o aprendizado de uma nova língua – da qual até então eu só conhecia duas palavras: bonjour e merci – vou deixar aqui 5 dicas para aprender um novo idioma que estão funcionando para mim.

1. Sites online e gratuitos

Como disse no comecinho do post, existem MUITOS sites legais e confiáveis à disposição. Com uma pesquisa mais refinada, você vai encontrar aquele que mais corresponde às suas expectativas. No meu caso, tenho utilizado três sites diferentes que têm funcionado muito bem comigo. Um é melhor para vocabulário, outro para gramática e um terceiro para exercícios. O mais bacana de todos é o Polly Lingual, que oferece aulas básicas e gratuitas de vários idiomas (e tem ainda a opção de aulas mais avançadas no plano pago). Ele é mais focado em vocabulário e pronuncia.

2. Música

Sou movida à música, e aprender um idioma com o auxílio de canções ajuda bastante a fixar. Depois de encontrar alguns artistas franceses que gostei, como Zaz e Joyce Jonathan (aceito dicas! rs), separei algumas músicas favoritas. Ouço, leio, vejo a tradução, faço as associações, canto junto e vou repetindo até a coisa fixar e eu saber não só a letra como também o que ela significa. Excelente para formar vocabulário e aprender pronuncia (fundamental principalmente em uma língua tão diferente da nossa como o Francês e tantas outras). Vale também vídeos no Youtube. Tem alguns bem legais para quem tá aprendendo um novo idioma.

3. Escrita

Qualquer que seja a língua, aprender a escrever é um passo mais complicado. Em Francês então, Jesus! rsrs Por isso praticar a escrita é fundamental. Vá praticando escrever as palavras que vai aprendendo, crie um sistema que funcione para você. Eu costumo escrever a palavra em português e depois, sem consulta, escrevê-la em Francês. Além de ajudar a memorizar o termo, vamos praticando a gramática.

4. Leitura

É óbvio que no começo vai ser difícil porque tudo o que você ler vai precisar de tradução. Mas com a prática as palavras vão ficando mais familiares, algumas delas você vai começar a deduzir antes mesmo de traduzir, e assim você vai aprendendo. Também acho a leitura muito útil para ir compreendendo a gramática e as estruturas das frases. Você vai prestando atenção em como elas são formadas e quando vê já consegue construir suas próprias frases. Assim, volte para o item “3- Escrita” e pratique 😉

Quero deixar claro que acho indispensável um aprendizado mais formal e aprofundado, com acompanhamento de um profissional. Mas para quem quer sair do nada para o básico, as dicas acima funcionam e muito. Mas também tem muito curso de responsa online, com temáticas e conteúdos mais diversos possíveis, que garantem certificados. Então antes de começar, dedique algum tempo a pesquisar as opções e crie uma rotina para se comprometer com o aprendizado.

Já se dispuseram a aprender algo novo sozinhos? Quais técnicas funcionam para vocês?