Sem Spoilers: filmes de outubro

 Curtindo a Vida Adoidado

curtindo-a-vida-adoidado_t2459

Título Original: Ferris Bueller’s Day Off

Gênero: Comédia

Direção: John Hughes

Ano: 1986

País de Origem: EUA

Sinopse: No último semestre do curso do colégio, Ferris Bueller (Matthew Broderick) sente um incontrolável desejo de matar a aula e planeja um grande programa na cidade com sua namorada (Mia Sara), seu melhor amigo (Alan Ruck) e uma Ferrari. Só que para poder realizar seu desejo ele precisa escapar do diretor do colégio (Jeffrey Jones) e de sua irmã (Jennifer Grey).

Um clássico da sessão da tarde e na minha lista interminável de “preciso assistir”! Como já falei outras vezes, filmes vistos na infância se tornam parte da vida e, quando revistos, só trazem boas lembranças. Já esses mesmos filmes vistos pela primeira vez agora, já não causam tanto impacto, mas Curtindo a Vida Adoidado me envolveu nessa atmosfera de ingenuidade e aventura que era faltar aula e passear por aí! (eu sempre fui muito CDF, mas me convenciam a fazer isso! ;)) Uma boa história sobre a rebeldia adolescente dos anos 80, cheia de bom humor e com uma ótima trilha sonora.

O Círculo

164526_000_m

Título Original: The Circle

Gênero: Drama / Suspense / Ficção

Direção: James Ponsoldt

Ano: 2017

País de Origem: EUA / Emirados Árabes

Sinopse: The Circle é uma das empresas mais poderosas do planeta. Atuando no ramo da Internet, é responsável por conectar os e-mails dos usuários com suas atividades diárias, suas compras e outros detalhes de suas vidas privadas. Ao ser contratada, Mae Holland (Emma Watson) fica muito empolgada com possibilidade de estar perto das pessoas mais poderosas do mundo, mas logo ela percebe que seu papel lá dentro é muito diferente do que imaginava.

“Isso é muito Black Mirror.” O famoso meme gerado pela ótima série Black Mirror cabe aqui para definir O Círculo, apesar da superficialidade do filme. Além disso, estava empolgada para ver o Tom Hanks \o/, mas como ele tem uma participação pequena, ficou abaixo das minhas expectativas. A história de um futuro não muito distante prende e traz uma importante lição sobre a internet, as redes sociais e o quanto as pessoas estão presas nesse mundo virtual.

Os Últimos na Terra

z-for-zachariah_t74255_MukWwZW

Título Original: Z for Zachariah

Gênero: Drama / Suspense / Ficção

Direção: Craig Zobel

Ano: 2016

País de Origem: EUA

Sinopse: Ann Burden (Margot Robbie) sobrevive a uma guerra nuclear em uma pequena cidade norte-americana. Ela acredita ser a única humana na Terra, até encontrar um cientista procurando por sobreviventes. A relação entre eles fica frágil quando entra em cena outro sobrevivente e os dois homens passam a lutar pelo afeto de Ann.

Três ótimos personagens, interpretados por Margot Robbie, Chiwetel Ejiofor e Chris Pine, últimos sobreviventes na Terra e um clima super tenso entre eles. O contexto é sombrio, o trio é completamente estranho um ao outro e nunca se sabe o que realmente querem. A história traça um paralelo com o início da humanidade, pelo ponto de vista religioso: o paraíso inabitado, Adão e Eva, a tentação. Um filme simples, um pouco lento, mas muito bem aproveitado e faz uma ótima reflexão sobre a essência humana e os instintos primitivos.

Um Grito no Escuro

aac81a57f8ed12a32b8a4b175858bf2a

Título Original: Evil Angels

Gênero: Drama

Direção: Fred Schepisi

Ano: 1988

País de Origem: EUA / Austrália

Sinopse: No ano de 1980, no estado australiano de Queensland, um desaparecimento de um bebê choca a sociedade. Enquanto seus pais, que são da igreja adventista, estão acampando, uma espécie de cão selvagem leva o bebê embora. Com isso uma busca é iniciada, junto com outras pessoas que também estavam no acampamento, mas o corpo da criança nunca mais é achado. A intolerância religiosa e o estranhamento a alguns costumes dos adventistas faz com que a mídia crie diversos mitos em torno do que realmente aconteceu no dia do desaparecimento, e os pais acabam culpados por assassinato. Lyndi Chamberlain (Meryl Streep) e seu marido Michael Chamberlain (Sam Neill) terão que provar que são inocentes, mesmo todos estando contra eles.

Baseado numa história real, o filme é chocante de diversas formas: pela tragédia, pelo preconceito religioso, pela imprensa sensacionalista e pela condenação sem provas conclusivas. As atuações de Sam Neil e, principalmente, Meryl Streep são impecáveis. Ela inclusive recebeu uma indicação ao Oscar por esse papel. Um filme intenso e que nos faz pensar nas nossas próprias atitudes, no quanto julgamos os outros, sem conhecer.

360

b84ae3f3efdc34a14b3d0dd04e82ce8c

Título Original: 360

Gênero: Drama / Romance

Direção: Fernando Meirelles

Ano: 2012

País de Origem: Reino Unido / Áustria / Brasil / França

Sinopse: Inspirado em “La Ronde”, clássica peça de Arthur Schnitzler, 360 é uma reunião de histórias dinâmicas e modernas, passadas em diversas partes do mundo. Laura (Maria Flor) é uma mulher que deixou a vida na terra natal para tentar a sorte em Londres ao lado do namorado Rui (Juliano Cazarré). Ao descobrir que o parceiro está tendo um caso com Rose (Rachel Weisz), ela decide voltar para o Brasil. Na volta pra casa, ela conhece um simpático senhor (Anthony Hopkins) e Tyler (Ben Foster), duas pessoas em momentos difíceis em suas vidas. Num outro lado da história, Mirka (Lucia Siposová) é uma jovem tcheca que começa a trabalhar como prostituta para juntar dinheiro. Ao mesmo tempo, lida com a desaprovação da irmã Anna (Gabriela Marcinkova). O primeiro cliente de Mirka é Michael (Jude Law), que por sua vez é casado com Rose.

Um filme simples, mas muito bem entrelaçado, reunindo histórias de amor, traição, raiva, amizade e diversos relacionamentos em várias partes do mundo e entre pessoas de diferentes gerações e nacionalidades. As tramas se cruzam em diversos momentos, mas nunca perdem a sua individualidade. Com ótimos atores e um roteiro envolvente, 360 mostra a vida como ela é, que as nossas escolhas nos moldam e que estamos em constante movimento. Muito bom!

carolwerner3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s