Sem Spoilers: filmes de abril

Pulp Fiction – Tempo de Violência

d22d5b70159b7441335c05baee666736

Título Original: Pulp Fiction

Gênero: Policial / Suspense

Direção: Quentin Tarantino

Ano: 1994

País de Origem: EUA

Sinopse: Vincent Vega (John Travolta) e Jules Winnfield (Samuel L. Jackson) são dois assassinos profissionais que trabalham fazendo cobranças para Marsellus Wallace (Ving Rhames), um poderosos gângster. Vega é forçado a sair com a garota do chefe, temendo passar dos limites; enquanto isso, o pugilista Butch Coolidge (Bruce Willis) se mete em apuros por ganhar luta que deveria perder.

Um clássico de um diretor que virou gênero e que popularizou o modo não-linear de contar uma história, de forma atrativa e com o toque especial de violência sarcástica tão característica dele. Tramas independentes que se ligam de um jeito único, com uma trilha sonora em sintonia para cada momento e recheado de cenas que marcaram o cinema e são referência até hoje. Sem querer ser clichê, até porque demorei muuuuito tempo pra vê-lo, mas, sim, é um filme necessário.

Zodíaco

40a3d84b15ea4b680e5f964f480ad5a7

Título Original: Zodiac

Gênero: Suspense

Direção: David Fincher

Ano: 2007

País de Origem: EUA

Sinopse: 1º de agosto de 1969. Três cartas diferentes chegam aos jornais San Francisco Chronicle, San Francisco Examiner e Vallejo Times-Herald, enviadas pelo mesmo remetente. A carta enviada ao Chronicle trazia a confissão de um assassino e as três juntas formavam um código que supostamente revelaria a identidade do criminoso. O assassino exigia que as cartas fossem publicadas, caso contrário mais pessoas morreriam. Um casal de Salinas consegue decodificar a mensagem, mas é Robert Graysmith (Jake Gyllenhaal), um tímido cartunista, quem descobre sua intenção oculta: uma referência ao filme “Zaroff, o Caçador de Vidas” (1932). Os assassinatos e as cartas se sucedem, provocando pânico na população de San Francisco.

Mais um filme que estava na minha lista há tempos e ficou abaixo das expectativas. Baseado na história real de um serial killer, a história vai mostrando toda a investigação para descobrir quem estava por trás dessas mortes em San Francisco. O elenco é ótimo, personagens super estruturados, mas acaba sendo longo e arrastado. Vai ver eu não estava no clima, pois só li críticas favoráveis e a fama do diretor é excelente, com os ótimos “Garota Exemplar”, “Millennium: Os Homens Que Não Amavam as Mulheres”, “O Curioso Caso de Benjamin Button”, “O Quarto do Pânico” e por aí vai!

Atirador

b0b42bc0809c763f7f85187f36270366

Título Original: Shooter

Gênero: Ação

Direção: Antoine Fuqua

Ano: 2007

País de Origem: EUA

Sinopse: Bob Lee Swagger (Mark Wahlberg) é um ex-atirador de elite dos Marines, que se afastou do trabalho após uma traição. Isolado em um refúgio remoto nas montanhas, Bob é encontrado pelo coronel aposentado Isaac Johnson (Danny Glover). Johnson lhe diz que o país precisa de sua ajuda, já que a vida do presidente está em risco e apenas suas habilidades em tiro de longa distância podem impedir que esta ameaça se concretize. Inicialmente relutante, Bob aceita o trabalho. Porém logo ele descobre que tudo é na verdade uma armação patrocinada por Johnson.

Cheio de clichês, mas é um bom filme de ação, que prende do início ao fim e com uma ótima atuação de Mark Wahlberg. Não é imprescindível, mas vale o entretenimento.

A Cor de um Crime

043f48aca4c63d0b1da3a883999d44f5

Título Original: Freedomland

Gênero: Policial / Drama

Direção: Joe Roth

Ano: 2006

País de Origem: EUA

Sinopse: Durante a madrugada, em um subúrbio de classe média de Nova Jersey, uma mulher ensanguentada aparece muda e estupefata no Centro Médico de Dempsy. Ela é Brenda Martin (Julianne Moore), que, após ser tratada contra choque e histeria, conta ao detetive Lorenzo Council (Samuel L. Jackson) o que lhe aconteceu. Brenda diz que foi levada de carro para uma pista isolada em uma área não-construída, que divide os conjuntos habitacionais de Dempsy. Inicialmente ela diz que foi obrigada a sair do carro por um homem negro, o que não convence o detetive. Ele pressiona Brenda e, após horas de interrogatório, ela diz que Cody (Marlon Sherman), seu filho de 4 anos, estava no banco traseiro do carro. Motivados pela ativista Karen Collucci (Edie Falco), integrantes das comunidades de Dempsy e de Gannon se unem para procurar Cody, que está desaparecido. Porém as investigações em torno deste suposto sequestro fazem com que surjam tensões raciais entre integrantes das comunidades.

Um suspense muito bem arquitetado e cheio de reviravoltas, um pouco confusas, por vezes, mas que não deixam a trama decair, principalmente pelas ótimas atuações de Julianne Moore e Samuel L. Jackson. Denso e impactante, o filme tem o foco no racismo e na história contada por uma mãe desesperada, que te deixa com a pulga atrás da orelha: será que é verdade?

Ferrugem e Osso

69971061ef1df5c5f3f2c12e0a5182eb

Título Original: De rouille et d’os

Gênero: Drama

Direção: Jacques Audiard

Ano: 2013

País de Origem: França / Bélgica

Sinopse: Alain (Matthias Schoenaerts) está desempregado e vive com o filho, de apenas cinco anos. Ele parte para a casa da irmã em busca de ajuda e logo consegue um emprego como segurança de boate. Um dia, ao apartar uma confusão, ele conhece Stéphanie (Marion Cotillard), uma bela treinadora de orcas. Alain a leva em casa e deixa seu cartão com ela, caso precise de algum serviço. O que eles não esperavam era que, pouco tempo depois, Stéphanie sofreria um grave acidente que mudaria sua vida para sempre.

Como recomeçar, depois que perdemos o chão? Ótimo drama francês sobre amor e dor, sem apelar. Cenas realistas, duras e nada romanceadas mexem com o nosso interior de forma diferente. Atuações incríveis de Marion Cotillard, como sempre, e Matthias Schoenaerts, que formam uma dupla problemática, mas com uma força verdadeira para enfrentar as adversidades. Destaque também para a fotografia solar e natural deslumbrante.carolwerner3

Anúncios

Um comentário sobre “Sem Spoilers: filmes de abril

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s