Um brinde às mudanças

change

Estamos tão acostumados a fazer as coisas sempre do mesmo jeito, a viver dentro da nossa zona de conforto, que às vezes nem nos reconhecemos mais em nós mesmos, ainda assim, seguimos repetindo velhos hábitos no piloto automático. Estamos tão confortáveis que já nem sabemos se aquilo ainda faz sentido para nós e não nos questionamos mais porquê fazemos assim. Talvez porque tenhamos medo da resposta. Talvez porque no fundo temos medo de descobrir que muito do que fazemos já não significa nada para quem nós somos hoje. Foi importante em algum momento, já não é mais. E ai a gente se depara com um vazio sem saber como preenchê-lo. Mudar dá um medo…

É engraçado ver como as pessoas reagem às mudanças. Parece que incomoda o outro quando você muda. As pessoas estranham. “Você não era assim”, “está diferente”, “mudou de repente”. Que bom que eu não era assim, fico feliz em estar diferente porque, deixa eu te contar um segredo, eu não estava feliz! E não, talvez não tenha sido tão de repente assim, afinal só eu sei como andavam as coisas aqui dentro antes de as mudanças se tornarem visíveis.

A verdade é que mudar faz parte da arte de viver. É muitas vezes algo natural ao longo do processo de crescimento e de autoconhecimento. Outras vezes, é estimulada por algum acontecimento…afinal, a vida acontece para todos, mais cedo ou mais tarde. E então você percebe que aquele você de ontem, aqueles hábitos, gostos e costumes, já não representam mais quem você é hoje. Simplesmente já não fazem mais sentido.

O segredo é não ter medo e estar aberto. Encarar as mudanças como possibilidades, como oportunidades que temos de deixar pra trás tudo o que já não nos faz mais bem e substituir por algo que esteja em sintonia com quem nós somos agora. Mudanças são nossa chance de sermos fieis à nossa verdade interior, de sermos simplesmente nós.

Então perde o medo de mudar, deixa de dar satisfação para os outros dos porquês. Descubra coisas novas que te façam feliz e que substituam o que já não se encaixa mais na sua vida. Deixa a mudança acontecer, não resiste não. Muda de roupa, a cor do cabelo, de cidade, de trabalho, de gostos, de hábitos, muda de opinião, de ponto de vista, de direção, muda o jeito de fazer as coisas, de sorrir, de olhar, de falar e de andar, muda rápido ou devagar, mas muda e celebra a mudança como quem ganha um presente da vida. Cheers!

 

Anúncios

2 comentários sobre “Um brinde às mudanças

  1. AMEI esse texto, Fran. Afinal, “só os tolos e os mortos jamais mudam de opinião” (James Russel Lowell), não é? Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s