Deixa chover até o sol chegar

rain

Voltava para casa a pé, como de costume, quando começou a chover forte. Entrei em um café e decidi pedir um chocolate quente até conseguir seguir meu caminho. Fazia frio. Uma senhora entrou também fugindo da chuva e pediu pra sentar na minha mesa, a única com cadeiras vazias.

Ela encarou meu olhar distante e disse “seus olhos estão tristes”. Eu sorri e neguei com a cabeça. “Não estão, não.” E sem que eu dissesse mais nenhuma palavra, ela prosseguiu.

“Sabe, filha, tudo bem deixar os olhos ‘choverem’ de vez em quando. A gente se machuca por confiar demais nas pessoas. Às vezes a gente acredita no lado bom dos outros mais do que eles merecem. É por isso que a gente persiste nas pessoas até  quando elas já desistiram de si mesmas. Isso se chama esperança e, algumas vezes, amor. Cada um mostra e dá aquilo que tem de melhor em si. Elas mostram quem são e a gente custa a enxergar, porque nós não somos assim. E a gente vai fazer o quê? Parar de acreditar nas pessoas? De que jeito…o problema não somos nós. Não desista enquanto ainda houver forças pra lutar. Deixa chover até o sol chegar.”

Um comentário sobre “Deixa chover até o sol chegar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s