Fevereiro em resumo: livros

NADA_1372892693P

Meu primeiro livro deste mês foi “Nada”, da Janne Teller. Estava numa expectativa muito grande por essa leitura, pois sabia que ela mexeria comigo de uma maneira única. Seria a primeira vez que leria algo sobre alguém que não acredita no sentido da vida, uma visão muito parecida com a que eu tenho sobre esse assunto. Primeiramente, não se deixem levar pela capa, que não tem ABSOLUTAMENTE NADA a ver com a história. Depois, estejam preparados para uma história com início leve e que te levará ao choque em muitos momentos ao longo da narrativa. É um ótimo livro que nos faz pensar demais na importância e no significado de tudo o que vivemos e que temos na nossa vida.

Resenha aqui.

A_LISTA_DOS_MEUS_DESEJOS__1362779226P

“A lista dos meus desejos” me deixou um pouco desapontada. Eu esperava um livro completamente diferente do que ele de fato é. A leitura é bastante monótona e reflete, de certa forma, a vida da personagem principal.

Resenha aqui.

PREDADOR_1238501067P

“Predador” é um livro que eu já havia começado na metade de janeiro, mas eu tava achado tão chato que ia deixado pra depois e passando outros livros na frente. Fiquei tão desapontada que nem resenha não fiz. Me recusei, até porque eu não tinha muito o que dizer além de “livro chato, ponto”. Isso porque quase todo mundo diz que os livros da Patricia Cornwell são os melhores investigativos e que a Kay Scarpetta é excelente. Aff! Comece mal!

A leitura é cansativa porque além de ser bastante extensa, é muito confusa. Muitos personagens com situações paralelas, muitos detalhes sobre essas situações…Falta uma linearidade, um elo de ligação que faça as partes fazerem sentido como um todo. Sem contar que o final é péssimo. Fiquei achado que meu livro estava com páginas faltando porque além de acabar de repente, não faz o menor sentido. Sério, gente, NÃO LEIAM esse livro!

download

Pra terminar o mês tão bem como começou com “Nada” e para esquecer a decepção com “Predador”, li “Sleeping Beauty”. LEIAM ESSE LIVRO! Sério, entrou pra minha lista de favoritos e vou falar dele pra todo mundo que gosto de policiais/investigativos. Envolvente desde a primeira página – e aqui não é modo de dizer, é literalmente – e surpreendente até a última – mais uma vez, literalmente. O livro é daqueles que nos faz pensar que nem sempre uma história é exatamente aquilo que parece ser, mesmo que existam mil provas, há sempre um detalhe escondido em algum lugar que pode virar tudo do avesso.

Resenha aqui.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s