Uma palavra para 2014

Foto retirada do site Susannah Tucker Photograph.

Foto retirada do site Susannah Tucker Photograph.

Em 2013, vi no blog da Ana (o Colorida Vida – , que eu adoro!) o projeto One Little Word, criado pela Ali Edwards. A ideia é você pensar em uma única palavra para o ano com base em suas metas, objetivos, em tudo aquilo que você deseja para aquele ano especificamente.

Quando li o post da Ana, há um ano, confesso que não entendi muito bem a proposta. Não conseguia me ver seguindo a promessa que existe em uma única palavra. Até que esse ano, eu descobri que 2014 tinha uma palavra só dele: VERDADE.

Para mim, o processo aconteceu da forma inversa. Primeiro veio a palavra depois a adesão ao “projeto”. No último dia do ano, refletindo sobre todos os acontecimentos – bons e ruins – de 2013, a palavra VERDADE ficou batucado na minha mente sem me deixar em paz. E então eu lembrei do One Little Word e falei “é isso!”.

Como a Ana disse em 2013, “a própria Ali diz que, às vezes, são as palavras que nos escolhem”. Acho que foi isso que aconteceu comigo.

Inicialmente, a palavra VERDADE nos vem à mente como oposição à mentira. Como se tudo não passasse de uma invenção ou de falsidade. Mas para mim, essa palavra resume uma série de sentimentos que venho tendo ultimamente.

Talvez eu não consiga explicar exatamente todo o significado que a minha palavra tem para mim. Mas sei exatamente o que tenho em mente quanto a ela. 

Quando penso em tudo isso, imagino, antes de mais nada, ser uma pessoa de verdade. Ser o mais fiel possível a quem eu sou, aos meus sentimentos, aos meus objetivos de vida, nas minhas relações com tudo e todos ao meu redor. Significa me entregar verdadeiramente às coisas e às pessoas que cercam a minha vida, me comprometer com elas. É deixar de representar papeis – que muitas vezes nos são impostos por situações cotidianas, por exigências sociais. Significa ser verdadeira comigo mesma e com tudo aquilo em que eu acredito.

E é também aceitar as verdades da vida que me cercam. É parar de querer mudar o que não posso, de querer estar onde não estou, com quem não estou, e compreender, lidar, com o que de fato me cerca.

Por fim, eu acredito que, com toda essa compreensão das verdades da minha vida, vai ficar muito mais fácil correr atrás das coisas que ainda são apenas sonhos, ilusões e torná-las uma realidade, fazê-las serem de verdade. É como um pacto de fidelidade e de aceitação feito comigo mesma.

E que 2014 seja de verdade! 

4 comentários sobre “Uma palavra para 2014

  1. Falando em “ação”, acho que essa palavra representou bem meu (nosso) 2013, mesmo sem ter sido pensada…rs
    Adorei a “verdade” e, mais ainda, a “sua verdade”! Excelente sentido, que pretendo adotar também! É tão difícil definir uma palavra, pra tudo que a gente quer fazer, mas esses dias pensei em CORAGEM… que pode ser um bom começo para 2014! =]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s