“Visão do Além” de Charlaine Harris

Em primeiro lugar devo dizer que a série Harper Conelly Myesteries me ganhou desde a primeira linha que li do livro.

Em segundo lugar quero dizer que é extremamente fazer a resenha do livro 1 depois de ter lido e resenhado o 2, “Surpresa do Além”.

Quando era mais nova, Harper foi atingida por um raio e diferente do que todo mundo pena, ela sobreviveu. Mas, mas do que isso, ela passou a ter um “dom”: ela descobre a causa da morte dos mortos.

Pra se livrar de uma família problemática, Harper e seu meio irmão Tolliver sobrevivem do “dom” dela. Eles então passam a vida viajando pra esclarecer mortes não solucionadas.

Em “Visão do Além”, eles vao a Sarne resolver a morte de um jovem casal. Contratada pela mãe do garoto, Dell, que foi encontrado e enterrado, suspeito de ter matado a namorada e se matado, Harper tem que encontrar o corpo de Teenie que nunca foi localizado e esclarecer se ela realmente foi morta por Dell.

Depois de solucionar parte desse caso, a mãe de Teenie morre complicando a partida de Harper e Tolliver que vão passar maus bocados até finalmente conseguirem deixar Sarne, não sem antes encararem um final inesperado, mas que convenhamos, é digno de novela mexicana.

Calma, não é ruim, mas que lembra os folhetins do SBT/Televisa, isso lembra. Pelo menos a parte da solução do mistério das mortes.

Pra quem não gosta de ler séries, sem problemas! “Visão do Além” tem um final definitivo e totalmente independente de “Surpresa do Além”. Aliás, quem não ler Visão e ler Supresa também não vai ter nenhuma dificuldade em entender a história. Mas como fã que virei da série, eu sugiro que vocês leiam os dois e aguardem pelo terceiro (“Um frio do além”) que deve ser lançado no segundo semestre desse ano.

Uma ótima história, bem escrita e envolvente. Com uma pegada e uma linguagem bem jovial e um que de investigativo. Uma ótima mistura que equilibra o livro não deixando nem pesado demais nem bobo demais.

Sinopse: Harper Connelly e seu meio-irmão, Tolliver, são especialistas em encontrar cadáveres de pessoas desaparecidas, receber o pagamento e partir rapidamente, pois as pessoas que os contratam têm o estranho hábito de não querer ouvir o que eles têm a dizer. E à primeira vista, a experiência com os moradores da pequena cidade de Sarne, nas Montanhas Ozarks, parece não ser diferente. Uma adolescente está desaparecida, e Harper sente imediatamente que ela está morta. Mas os segredos que envolvem este assassinato e a própria cidade são profundos demais até mesmo para que a habilidade especial de Harper consiga desenterrá-los. Ao perceber a hostilidade crescer ao redor deles, ela e Tolliver querem apenas resolver o assunto e ir embora, mas então outra mulher é assassinada… E o criminoso ainda não terminou seu trabalho…

Agradecimento Lua de Papel

Resenha publicada também em http://sociedadedolivrorp.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s