Nicholas Sparks em Ribeirão

FOTOS: Maju Raz

Se você não leu nenhum dos livros, com certeza já assistiu algum destes filmes: “Um Amor Para Recordar”, “Diário de uma Paixão”, “Noites de Tormenta”, “A Última Música”, “Querido John”.
Agora, se você nem leu nenhum destes livros nem viu nenhum destes filmes, para de ler esse blog e vai fazer isso que é mais interessante.

Desde que assisti “Um Amor Para Recordar” pela primeira vez, em 2001, ficou impossível de encontrar história de amor mais linda do que a de Landon e Jamie. Então, antes de assistir o filme por mais incontáveis vezes, resolvi ler o livro em que a história tinha sido baseada e foi quando descobri que Nicholas Sparks é um dos escritores com os mais lindos romances.

O escritor já tem 16 livros publicados, com mais de 50 milhões de exemplares vendidos e “Diário de uma Paixão” ficou por mais de um ano na lista de mais vendidos do New York Times (o que significa muito, acredite).

Aqui, no Brasil, as histórias de Nicholas Sparks são mais conhecidas pelos filmes do que pelos livros, que costumam ser lançados algum tempo depois de o filme ter ficado famoso. Como aconteceu com “Noites de Tormenta” e “Diário de uma Paixão”, que chegou há bem pouco tempo no país, inclusive foi para lançar o livro que o autor veio fazer um “passeio” por aqui. E como explicar que até hoje, oito anos depois de “Um Amor Para Recordar” ter passado no cinema, o livro ainda não foi lançado no Brasil? Não, não tem explicação. Então se você, como eu, se apaixonou pelo filme e quis conferir a versão original da história, você teve que baixar o livro.

E apaixonada por “Um Amor Para Recordar”, imagina o meu surto quando recebi o e-mail da assessoria de imprensa do Ribeirão Shopping avisando que Nicholas Sparks estaria aqui? Sim, eu quase tive um treco. Afinal, não é todo dia que um escritor norte-americano dá as caras no Brasil, especialmente aqui, no interiorrr, em Ribeirão.

Então, claro eu não podia ficar de fora nem que tivesse que pegar a fila enorme de gente que estava esperando para receber um autógrafo, mas como em alguns casos ser da imprensa dá um empurrãozinho, nem fila precisei pegar rs.

Com uma hora de atraso, e com a fila já saindo da loja, finalmente Nicholas Sparks chegou à livraria. As meninas, meninas mesmo, a maioria com 15, 16 e algumas (muitas) até bem mais novas que isso, começaram a maior gritaria quando o viram e algumas ousaram falar em voz alta algo que infelizmente eu ouvi “ai, ele é musculoso”. Não que ele não seja, mas sinceramente eu não repararia nisso se a menina não tivesse falado.

A simpatia dele com certeza foi algo – além do talento como escritor, claro – que mais chamou atenção. Com duas pulseirinhas do Brasil, uma verde e uma amarela, ambas com a bandeira do país, o escritor chegou cumprimentando com beijos e sorrisos todos que estavam em seu caminho. E quando chegou a sua mesa de autógrafos não hesitou em subir na mesa para pousar para fotos e para que todos, ou melhor todAs que estavam na fila pudessem vê-lo. (Acho desnecessário dizer que ele fez coraçãozinho com a mão para as fãs.)

E com a mesma simpatia, Nicholas respondeu todas as perguntas da imprensa em +- 20 minutos de entrevista. Inclusive as minhas duas, com inglês mal falado. Falou sobre os livros, sobre seu público, sobre os filmes de suas obras, entre outras coisas.

E ainda com sorriso no rosto, ele autografou e tirou fotos com todos da imprensa e depois ainda encarou a fila que o esperava.

E como ser jornalista tem lá suas vantagens (além de tirar foto e ganhar autógrafo sem fila, e ainda poder entrevistar o cara), você fica sabendo de algumas histórias curiosas. Como a da menina que veio de São Paulo pra Ribeirão só para conhecê-lo. Quando ele esteve na capital ela perdeu e então ela e a mãe vieram para cá. A mãe, tão animada quanto a filha que estava realizando um sonho, fechou a empresa em SP só para acompanhar a menina. E vale registrar que quando o Nicholas chegou, a mãe pulava sem parar de alegria e não se cansava de chamá-lo pra dizer-lhe “I Love you” (sic) rs.

Anúncios

4 comentários sobre “Nicholas Sparks em Ribeirão

  1. kkkkkkkkkk..muito bom o textooo !!! E uma gracinha ele em pessoa também, né?!!!
    Também consegui meu livro autografado sem filaa..ihaaaaaaaa..graças as minhas amigas jornalistas !! hauhauhaua xD
    Depois quero ver a entrevista ;]

  2. Ai que lindo!! O sarcasmo de Langdon no livro é DEMAIS!!… Mas tem aquele filme tbm.. Mensagem pra Você que ele escreve cartas e coloca nas garrafas e joga no mar e uma moça as le e fica apaixonada QUE É LINDOO!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s