Desculpa se te chamo de amor

Gosto de ler livros com um lápis na mão “grifando” as frases mais marcantes. E nem vem com essa história de que isso estraga o livro, estraga nada.

Uma das coisas legais é reler o livro depois de um tempo e ver algumas coisas que você marcou da primeira vez. Às vezes elas já não são mais as frases que mais te tocam e ai você fica pensando nas coisas que você estava vivendo quando leu o livro pela primeira vez.

Hoje, posto algumas frases (só as que tive paciência de transcrever aqui) do livro “Desculpa se te chamo de amor” do italiano Federico Moccia.

A história é bem legal, a tradução tá bem mais ou menos, mas vale a pena. É daquelas histórias que você fica querendo ser a personagem principal. E quem me conhece sabe que tem um motivo a mais pra eu ter gostado tanto do livro.

Sinopse: “Niki é uma bela garota, é divertida, é inteligente. Tem 17 anos. Alex é um ‘garoto’ de quase 37. Separou-se há pouco, e sem uma razão clara, de sua noiva. Publicitário com grandes responsabilidades, vê-se em crise no trabalho. Os dois se cruzam casualmente num pequeno acidente de trânsito. Niki gosta de Alex, Alex acha Niki divertida. A relação fica cada vez mais intensa. Não querem deixar a diferença de idade atrapalhar. O mundo dos adolescentes se choca com o dos adultos. Mas a vida dos dois nunca mais será a mesma. Este romance é a vontade de reencontrar a própria liberdade, a vontade de ter sentimentos verdadeiros, de amar sem convenções e sem muitos porquês. É o cotidiano, mas também o sonho.”

“…a raiva deve gerar sucesso. Mas o sucesso gera o quê?”

“Quem ama à primeira vista, trai a cada olhar.”

“O coração tem pernas que você não vê.”

“Há um princípio de alegria, entre os obstáculos do coração que eu quero merecer…”

“…tenho receio que falando, desapareça…”

“Não fazemos nada bem enquanto não desistimos de pensar em como fazer.”

“Pensar demais em alguma coisa pode arruiná-la.”

“Cada instante que passa é uma história…Depende do que você vai fazer depois com ela.”

“…morto um chefe, faz-se outro.”

“O segredo depois de uma vitória é não recolocá-la em jogo. É necessário saber sair da mesa no momento justo. Todos são bons jogadores, poucos verdadeiros vencedores.”

“…quem vence festeja, quem perde justifica.”

“…confiar é bom e desconfiar é melhor.”

E fuçando aqui para fazer o post, descobri que o livro já virou filme. Eu ainda não assisti, mas fiquei com vontade, mesmo achando que – pelo trailer – o livro é melhor que o filme.

Anúncios

Um comentário sobre “Desculpa se te chamo de amor

  1. Não tinha visto esse post ainda!!! =0 AMEI FRAN!!
    Também grifo frases e nus! SURTEI ao saber que alguém também faz isso….não tem essa de não riscar o livro, pra mim só tem que não amassar hehehe
    Amei as Frases! Amei!
    Belo post!
    parabéns

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s