Um passo de cada vez

O fim deixa perdas. E é sempre difícil se desapegar do que já não faz mais parte do nosso caminho. Os momentos que não vão mais existir, as palavras que não mais serão ditas ou ouvidas, os planos que não vão ser concretizados… Tudo agora só existe em forma de lembranças. E o mais complicado é saber como seguir em frente. Mas, uma força, que eu não sei da onde vem, surge e eu dou o próximo passo. Se superar é muito mais questão de coragem do que de vontade. Aprender a lidar com a ausência, com o silêncio, com as recordações, são coisas que só o tempo vai ensinar. A dor vai diminuindo, os sorrisos, aos poucos vão voltando e a saudade – ela faz parte -, essa eu não sei se vai acabar, mas estamos conseguindo conviver bem.

*          *          *

(Charles Chaplin)

Chorar não resolve, falar pouco é uma virtude, aprender a se colocar em primeiro lugar não é egoismo. Para qualquer escolha se segue alguma consequência, vontades efêmeras não valem a pena, quem faz uma vez, não faz duas necessariamente, mas quem faz dez, com certeza faz onze. Perdoar é nobre, esquecer é quase impossível. Quem te merece não te faz chorar, quem gosta cuida, o que está no passado tem motivos para não fazer parte do seu presente, não é preciso perder pra aprender a dar valor, e os amigos ainda se contam nos dedos. Aos poucos você percebe o que vale a pena, o que se deve guardar pro resto da vida, e o que nunca deveria ter entrado nela. Não tem como esconder a verdade, nem tem como enterrar o passado, o tempo sempre vai ser o melhor remédio, mas seus resultados nem sempre são imediatos.

5 comentários sobre “Um passo de cada vez

  1. =;-;= Ai Fran!!! Que triste….

    Respiro profundo e penso mais uma vez na frase que fica martelando: “E é sempre difícil se desapegar do que já não faz mais parte do nosso caminho.”
    E aí me vem: Não sei…acho que é impossível se desapegar…mas temos que nos desapegar…

    E aí penso de novo: QUE TRISTE FRAN!!!! Porém lindo lindo lindo como sempre ^-^ amei!

    Escreve mais escreve mais =)

    • Que bom q gostou, mas como eu sempre digo: qdo tô triste meus textos ficam menos piores. A tristeza é uma boa inspiração!! rs Gostei disso: “E é sempre difícil se desapegar do que já não faz mais parte do nosso caminho.” Pura verdade, mas a gente aprende, nem que seja na marra. Brigada por visitar aqui sempre!! Bjos

  2. ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!ATUALIZA!!!

  3. Pingback: Um passo de cada vez (via Sobre o Nada) « Pela minha via

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s